Um homem para duas mulheres

Duas mulheres chinesas descobriram, graças a uma rede social em mandarim similar ao Facebook, que tinham o mesmo marido, um chinês com passaporte mexicano. O homem foi preso em conseqüência do fato, informou o jornal oficial China Daily.

O homem, conhecido como Chang, foi preso na província chinesa de Zhejiang depois que as suas mulheres descobriram que dividiam o marido quase por casualidade, ao acrescentarem-se como amigas em uma rede social chamada Kaixin (uma das muitas versões chinesas do popular Facebook, censurado no país).

As duas mulheres iniciaram a amizade pelo site ao descobrirem que tinham uma pessoa em comum nas suas listas de contatos, o próprio Chang. E, ao se trocarem as fotos de casamento, descobriram que dividiam também algo mais.

Chang se casou em 2005 com uma delas, chamada de Li, na província de Zhejiang, e mais tarde se casou no México, país que visita com freqüência devido a seus negócios, com uma mulher de Pequim chamada de Wang, que estava grávida na época. O bígamo manteve os dois casamentos em lugares diferentes com a desculpa que teria que se ausentar durante longas temporadas para cuidar dos seus negócios, e continuou sua prática quando a mulher de Pequim voltou para a capital chinesa.

Chang era portador de dois passaportes, um chinês e outro mexicano (obtido em 2002), um caso muito raro na China, país que não reconhece a dupla nacionalidade com nenhum país. Aparentemente, o empresário obteve este benefício ao declarar que o passaporte mexicano facilitaria os freqüentes deslocamentos para o México.

A China proibiu nos primeiros anos do regime comunista o concumbinato e a poligamia, práticas muito comuns na sociedade tradicional daquela época, especialmente entre a nobreza e as famílias ricas.

Anúncios

Policiais estão atrás de viciado em cheirar nádegas

Reprodução (thesun.co.uk)O tarado do nariz, em ação, e a foto distorcida, divulgada pela polícia. Não se sabe nem o narigão é grande ou pequeno

Não foi a primeira vez que o piradão colocou a nariz na bunda do empregado da loja Plymouth, no Condado de Devon, no sudoeste da Inglaterra. As câmeras de segurança do local já registraram três cenas do tarado do nariz no traseiro em ação, cheirando a parte de trás das calças dos empregados.

Pelas imagens, dá para ver que o sujeito tem toda uma tática para poder realizar seu fetiche olfativo. Fica rondando ao lado das prateleiras. Se o funcionário sobre numa escada para colocar algum produto, pronto – o sujeito vai lá e encosta o narigão.

Pelas imagens, dá para perceber que o homem com aspirações estranhas tem cerca de 40 anos.

A polícia está, com todas as letras, atrás do suspeito. Funcionários da loja contaram ao jornal Metro que estão com medo de subir escadas e pagar um mico na retaguarda. Os oficiais querem prendê-lo e processá-lo por desordem pública e atentado ao pudor.

6 objetos que não existem mas deveriam… e 1 que existe mas ninguém acredita

1 – Tatuagens interativas
Quer ligar para casa? Aperte um botãozinho no seu braço. Quer acessar seu código de DNA para saber se tem tendência a diabetes? Opa, também tá na mão!  Com a Dattoo, fazer tudo isso vai ficar bem fácil, já que ela é uma tatuagem eletrônica interativa com nanosensores que fazem praticamente tudo usando o corpo humano como plataforma: de ler seu código genético a mandar um SMS. Pena que ela ainda esteja longe de existir fora da imaginação do pessoal da agencia de design americana Frog.

2 – Câmera fotográfica 360o
É claro que com uma busca rápida no Google você encontra várias técnicas bacanas para tirar fotos panorâmicas com qualquer câmera. Mas com essa aqui, pensada especialmente para isso pelo pessoal da Yanko Design, não precisa ficar se preocupando com tripé nem com os ângulos. A Nikon 360 já tem lentes cilíndricas que giram automaticamente e tiram a foto para você.

3 – A jarra térmica perfeita
O conceito é muito simples: quando você aquece a jarra, desenhos feitos com uma tinta térmica aparecem no recipiente. Assim dá para saber se a temperatura está ideal para o seu chá. O conceito foi desenvolvido pelos pessoal da Vessel Ideation e bem que poderia virar realidade…

4 – Tênis camaleão
Desse aqui não dá para enjoar. Esse protótipo de tênis criado pela Inventables muda de cor e design quando você aperta um botão do controle remoto. Perfeito  para quando você entra em uma festa e encontra alguém com um modelo igualzinho ao seu.

5 – Cartão de crédito do futuro
Esse é para quem quer aprender a controlar os gastos: um cartão de crédito que é praticamente um banco eletrônico portátil. Na hora de gastar, você confere em tempo real quanto dinheiro ainda tem na conta para saber se pode mesmo sair comprando. O cartão inventado pelo designer Jacob Palmborg ainda tem um sistema de segurança biométrica (ou seja, com impressão digital) para driblar assaltantes. Que a gente bem sabe que não levaria muito tempo para eles conseguirem driblar.

6 – GPS para bicicleta
Outro que merecia existir e é um forte candidato para as próximas invenções geniais a aparecerem pelo mercado. Funciona exatamente como um navegador GPS de carro, só que encaixa perfeitamente na sua bicicleta. Mas a ideia do VeloCity Cycle Route Guide é sem bem simples, com apenas uma rota por vez, que o ciclista baixa na internet. Outro objeto imaginado pelos japoneses da Yanko Design.

… e o que é difícil de acreditar que já existe:

Mictório feminino
Pois é, já existe sim. E não só um, mas vááários modelos que permitem que as moças façam xixi em pé. Confira aqui dois deles e conte pra gente: porque você acha que essa moda ainda não pegou?

Ser diferente garante a sobrevivência

Pesquisadores da Universidade do Tennessee descobriram por que traços genéticos muito diferentes persitem na natureza: ninguém quer comer um bicho com uma aparência muito fora do normal. Por isso, ele sobrevive e fica livre pra passar seus genes “esquisitos” adiante.

Um predador, diz a pesquisa, reconhece os traços que as presas têm em comum e sabe rapidamente se aquilo faz bem o mal pra ele. Se a comida fugir muito do padrão, é melhor ignorar e passar para a próxima. O que é um paradoxo na ciência, já que a seleção natural tende a eliminar tudo aquilo que foge do modelo bem-sucedido.

Resta saber se o ser humano se encaixa na descoberta. O que você acha (o cara aí de cima tem mais chances de sobrevivência)?